Proteger as infraestruturas em nuvem e os aplicativos

Adoção rápida, descentralizada e heterogênea de serviços e aplicativos em nuvem aumenta o risco empresarial

Como a rápida adoção da nuvem pública está afetando a segurança cibernética

Proteger várias nuvens

À medida que a adoção da nuvem acelera, as organizações dependem cada vez mais de serviços e infraestruturas baseados em nuvem. A facilidade de implantação contribui para a velocidade de adoção de serviços em nuvem, mas também contribui para o hábito comum de assinar serviços adicionais sem descomissionar corretamente os aplicativos anteriores. Isso cria uma bola de neve de adoção de serviços em nuvem não canalizada através de uma entidade central dentro da organização. Em vez disso, diversas pessoas assinam novos serviços por meio de seus orçamentos de gastos corporativos e, muitas vezes, diretamente, sem qualquer censura ou restrições.

Devido à adoção rápida e descentralizada de serviços em nuvem, as organizações geralmente acabam com um conjunto heterogêneo de tecnologias em uso, com controles de segurança diferentes em vários ambientes.

Ao avaliar a postura de segurança e considerar abordagens para proteger infraestruturas e aplicativos baseados em nuvem, os profissionais de segurança e de TI são obrigados a se instruir sobre uma variedade de tópicos. Essas áreas incluem API, estratégias de proteção de VM e contêineres, automação de segurança em várias nuvens, estruturas de segurança específicas para nuvem, abordagens centralizadas para segurança em nuvem, segurança como parte do ciclo de vida do aplicativo, aproveitando serviços nativos em nuvem para segurança e muito mais.

 

Segurança multinuvem

 

 

Recursos relacionados

 

 

Produtos em destaque